Visite Paris

A Torre Eiffel

A Torre Eiffel é o monumento mais visitado do mundo: recebe não menos que 7 milhões de visitantes por ano.
Localizada no 7º arrondissement de Paris, no Champs de Mars, a Torre Eiffel domina o rio Sena a uma altura de 324 metros.

Da sua base, pode admirar a ousada parte inferior da sua arquitetura. Entre os seus quatro pilares voltados para os quatro pontos cardeais, a Torre revela a incrível delicadeza da sua estrutura: 18.038 peças montadas esteticamente por 2.500.000 rebites!

Os elevadores envidraçados transportam-no para o primeiro andar. A não ser que prefira as escadas. Aqui, são garantidas emoções fortes graças ao piso transparente. Um restaurante, o 58 Tour Eiffel, oferece um menu “piquenique chique” servido numa cesta, ao meio-dia. À noite, o chef, Alain Soulard, prepara pratos refinados num ambiente aconchegante.

A Torre Eiffel

O segundo andar oferece Paris a 360 °: Notre-Dame de Paris, o Louvre, Montmartre, os Invalides, todos os monumentos estarão visíveis, entre os meandros do Sena. O restaurante galardoado, Jules Verne, está localizado neste andar, com acesso por elevador privativo. O seu prestigiado chef, Alain Ducasse, oferece um cardápio gastronómico e contemporâneo digno desse momento. As várias lojas oferecem igualmente a opção de fast food.

Neste lugar ventoso, mítico e vertiginoso, Paris estende-se aos seus pés. A cimeira é acessível apenas por elevador. Um bar de champanhe oferece a oportunidade de celebrar este momento mágico. Alguns passos mais acima, uma reconstrução do escritório de Gustave Eiffel convida-o a vislumbrar os anos juvenis da Torre.

A sua história

A Torre Eiffel foi construída em 1889 para a Exposição Universal, que comemorou o centenário da revolução. A sua construção no Champ de Mars causou sensação. Reuniram-se quase dois milhões de pessoas de todo o mundo para contemplar o milagre. Gustave Eiffel, engenheiro talentoso, demorou dois anos, dois meses e cinco dias, para terminar a obra mais alta do mundo. Numa época em que os aviões ainda não existiam, os visitantes podiam ficar nas alturas e ver Paris como ninguém havia antes visto. Essa construção metálica de dez toneladas marcou, de forma espetacular, a entrada na era industrial.

Foi planeado que a torre fosse desconstruída no final da exposição. Mas Gustave Eiffel perpetuou a sua obra explorando-a para fins científicos. A torra abrigava, portanto, uma estação meteorológica. Mais tarde, um transmissor da TSF, instalado na sua cúpula, foi de grande utilidade durante a guerra 14-18.
Outras antenas foram montadas posteriormente e transmitiram rádio e televisão para o público geral parisiense. No entanto, a Torre Eiffel perdeu o seu brilho soberbo perante o público. A curiosidade tinha diminuído. Os anos sessenta e a onda do turismo em massa voltaram a trazer-lhe visibilidade. O seu sucesso não foi negado desde então.

Alguns números

Hoje, 48 painéis de antena e 6 antenas de FM cobrem o topo da torre.
Originalmente vermelha-acastanhada, a torre foi repintada 17 vezes. Esta operação requer 500.000 quilos de tinta.
O seu farol projeta até 80 quilómetros em redor.
Desde o ano 2000, a torre cintila a cada hora durante cinco minutos, entre o anoitecer e a uma hora da manhã.

Preços para adultos

Bilhete 2º andar pelas escadas 10 €
Bilhete 2ª andar por elevador 16 €
Bilhete até à cúpula pelas escadas e 19 €
Bilhete até à cúpula por elevador 25 €
Tarifas jovens dos 12 – 24 anos
Bilhete 2 º andar pelas escadas 5 €
Bilhete 2º andar por 8 €
Bilhete até à cúpula pelas escadas e elevador 9,50 €
Bilhete até à cúpula por elevador 12,50 €
Tarifas crianças dos 4 – 11 anos, deficientes
Bilhete 2º andar pelas escadas 2,50 €
Bilhete 2º andar por elevador 4 €
Bilhete até à cúpula pelas escadas e elevador 4,80 €
Bilhete até à cúpula por elevador 6,30 €
É recomendado reservar o seu bilhete para evitar as filas.

Mais informação

https://www.toureiffel.paris/fr
https://www.pariscityvision.com/pt/paris/lugares-marcantes-de-paris/torre-eiffel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *